Casa do Zezinho

O filme traz uma experiência real realizada no centro de São Paulo com um pequeno ator e algumas câmeras escondidas. Em meia tela o ator todo sujo e maltrapilho senta-se na calçada e espera a reação das pessoas que passam por ali, nada acontece, logo, em outra metade da tela o mesmo ator arrumado e bem vestido senta-se no mesmo local e aguarda como antes a reação das pessoas que agora param para perguntar se podem ajudar ou o que está acontecendo para ele estar alí sentado.

Este filme é uma produção da AlmapBBDO para instituição “Casa do Zezinho” que está situada na zona Sul de São Paulo, entre os bairros do Jardim São Luiz, Capão Redondo e Jardim Ângela. Foi fundada em 6 de março de 1994 e atende mais de mil crianças e adolescentes de 6 a 18 anos, filhos das famílias de baixa renda daquela região, desde que matriculados na rede pública de ensino.

Muito bom o filme vale a pena conferir.

Ficha Técnica – Filme:

Anunciante: Casa do Zezinho
Título: Teste
Produto: Institucional
Diretores de Criação: Dulcidio Caldeira, Luiz Sanches
Criação: Romero Cavalcanti
Produtora: Cinema Centro
Direção: Paulo Gandra
Rtvc: Egisto Betti
Trilha / Locutor: Sonzeira
Montador / Editor: Tales Martins
Finalizadora: Cinema Centro
Atendimento: Joanna Guinle, Marina Fernandes, Patrícia Gerard
Mídia: Paulo Camossa, Cássio Soares
Aprovação: Dagmar Garroux, Maria Célia Gonçalves

Anúncios

4 Responses to Casa do Zezinho

  1. Juliane Ágata disse:

    Muito bom esse vídeo! Mostra a verdadeira discriminação existente não só no país, como no mundo.

    O blog está ótimo. =D

  2. Matheus Braga disse:

    Só faltou mencionar o nome do “Ator”rsrsrrss…Matheus Braga !!!
    http://www.matheusbraga.com.br

  3. Caroline D'Anna disse:

    É triste saber que a realidade é assim mesmo. Muita gente se sente tocada ao ver uma criança na rua, se sente triste com essa realidade, mas não faz nada a respeito, simplesmente pensa que não é sua obrigação. Mas a coisa muda completemente de figura, quando fica claro que aquela criança não é da rua, quando a criança esta aparentemente “perdida”. Quantas vezes nos deparamos com crianças de 3 ou 4 anos sozinhas na rua, e só pelo fato de sabermos que ela é uma ciança de rua, não fazemos nada, acho que esse video deveria ser mais divulgado.

  4. tomás disse:

    as pessoas reparam quando percebem algo fora do “comum”. uma criança “rica” na rua é incomum.

    o que é ainda pior pois, crianças na rua não poderiam ser consideradas normais, jamais… e nós as consideramos.

    culpa nossa? culpa do governo? culpa dos pais? culpa do país?

    melhor do que divulgar o filme é ajudar, de alguma forma. eu faço parte da casa do zezinho. cada um podia escolher uma casa séria e trabalhar com ela. dar mais do que dinheiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: